terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Eau de parfum

Gosto deles intensos, bem fortes e encorpados. Doces e condimentados. Penetrantes, envolventes, inebriantes. Meus perfumes.
Eau de parfum, é claro. Nada de eau de toilette.
Meu favorito é Jungle, by Kenzo. Trouxe um da viagem. Adoro dormir com ele, o aroma paira ao meu redor.
Gosto de perfumes que impregnam a pele e a roupa, que eu sinto ao longo de todo dia ou noite. Que funcionam como uma assinatura olfativa, que anunciam minha presença ou a reforçam.

Ontem estava jantando com minha enteada, e ela de repente começou a me cheirar. "É aquele perfume da viagem, né?" Ela estava comigo quando comprei num shopping de Orlando. Eu e ela cheiramos dezenas de perfumes em lojas e free-shops, ela gostou do Jungle.
Ainda ontem, mais tarde, o pai dela comentou: "Esse perfume combina contigo." Yeah, indeed. Ele não estava junto quando comprei, ainda bem que gostou, porque Jungle é daquelas fragrâncias que simplesmente não tem como ignorar.

Pra minha filha, eu e Frances escolhemos CH da lista que Lízia havia enviado. Ela disse que queria J'adore, de Dior, mas nunca havia cheirado, era só porque adorou a propaganda com Charlize Theron. Hehehe, a loira deve ter se identificado. Mas o perfume não tinha nada a ver com uma menina. Melhor o de Carolina Herrera.

Hoje fiquei sabendo da existência de Unidentified Fragrance Object, um lançamento rarefeito de Kenzo, mil unidades a US$ 188. Afff...