quarta-feira, 26 de maio de 2010

Voltando


Não me senti bem na corrida de domingo, mas sinto-me cada vez melhor ao perceber que estou enfim me recuperando. A dor e o cansaço extremos desapareceram. Ainda faço muito esforço, ainda é pesado, mas logo que acaba as sensações de desgaste dissipam-se.
Desde março, quando voltei a treinar, uma das sensações que mais me perturba é a percepção de "take it for granted" que eu tinha em relação ao desempenho na corrida. Eu rodava a 4'50'' ou 5' e achava muito natural. Hoje em dia esse é meu tempo run em 10km... Na meia de domingo, comecei em 4'50'' e fechei em 5'30'', acabada. Fiz os 21km em 1h47min. Antes fazia em 1h37min.
Agora, mais do que voltar aos ritmos e tempos que me parecem "naturais", quero voltar à naturalidade com que eu corria.
No começo desta quarta-feira tive um vislumbre desse estado natural. Participei da corrida de 5km do Dia do Desafio, à 0h01min. Foi a primeira corrida em que me senti realmente tranquila e à vontade. Fechei em 22'57'', consegui fazer tudo abaixo de 5'. Muito melhor que o tempo foi a sensação de segurança de que dava para forçar um pouco mais. Correr sem ficar angustiada com a fraqueza e o medo de sofrer.