quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Presente recusado


Muito simples.

Há pouco tempo, ouvi da mãe de uma amiga uma expressão que não conhecia: "Melhor ouvir isso do que ser surda". Rachei. E lembro seguidamente quando ouço coisas absurdas.
A parábola budista evidentemente leva a questão pra outro nível, mas acho bom conseguir manter a leveza e o sorriso. Sem deboche, sem agressividade disfarçada. Apenas rir de algo que não deve ser levado a sério.
Além de recusar o presente, manter o bom humor num nível menos sutil.