sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Gatos no Dharma


Entre os novos hábitos para favorecer a prática budista está a leitura diária de algum texto do Dharma. O horário de que disponho é ao deitar. Como estou numa fase de trabalho muito puxado - e eu trabalho lendo o dia todo (e boa parte da noite) -, dei um tempo na leitura de Aquietando a mente e estou lendo este, A gata do Dalai Lama. E curtindo muito. Gostei da ideia e estou gostando da forma como o autor desenvolveu a trama, narrando o livro em primeira pessoa felina e apresentando as noções básicas do budismo. Leitura agradável e leve, e ao mesmo tempo rica.
Penso neste livro como especialmente adequado para pré-adolescentes



E agora Ludox adquiriu o hábito de beber água nas tigelinhas do altar todos os dias. Hoje eu me atrasei para fazer as prostrações e preces, e foi engraçado, porque ele subiu e deu de cara com as tigelinhas emborcadas. Voltou assim que percebeu que estavam cheias.
Que seja benéfico para ele!