sábado, 8 de julho de 2017

Abusos

Relacionamentos de todos os tipos podem assumir características abusivas. Namoro, casamento, amizade, relação profissional. Todos.
Quem nunca passou por alguma situação de abuso?
Os casos mais ostensivos são os mais fáceis (!!!) de denunciar. Não, fácil não é. Nunca é. A exposição, a possível impunidade do abusador e, para completar, a culpabilização da vítima. "O que você fez/faz pra isso acontecer?"
Os casos mais sutis evidentemente não são piores em termos de efeito. Mas são ainda mais difíceis de abordar em termos de denúncia. Porque a chance do abusador sofrer uma sanção é ainda mais remota, e a exposição torna a vítima vulnerável não só à culpabilização, como à (grande) possibilidade ser considerada "exagerada", acusada de fazer drama, de mimimi.
Então fazer o quê? Tentar evitar todas as formas de assédio possíveis. E (tentar) ignorar quando não há o que mais fazer nesses casos mais sutis. Por mais que irritem e perturbem.