quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

No limbo

Estou no bardo da morte de um relacionamento.
Dissolução.
Em meio à paisagem caótica, avanço para a luz. Em busca da liberação ou de um renascimento veloz e auspicioso na Terra Pura do Amor Incondicional. Ou da Compaixão.
Que eu me mantenha lúcida nesse bardo.