segunda-feira, 4 de abril de 2016

O ministério da cura hétero

Instalada confortavelmente no sapabonde (depois de ter entrado e saído em várias paradas), concluí que a cura hétero é 100% possível. Sou a prova viva.
Só não vou fundar o Ministério da Cura Hétero porque perturbaria a paz doméstica. Já tem seguidoras e candidatas à cura de sobra na área. Fora o bonde do recalque.
O ministério da cura hétero tem tudo pra dar certo. Pode promover cultos para a bênção do lacre, grupos de estudo e troca de experiências, festas. Conta com farto suporte na literatura, cinema (ficção e não ficção) e demais expressões de arte.
O lema poderia ser um que já está na moda - "Vem pra rua!". Mas prefiro "Vem pro bonde!".