domingo, 17 de abril de 2016

Vergonha, tristeza e náusea

Minha decepção com o Brasil só aumenta. Faz tempo.
Hoje chegou ao máximo.
Não me sinto mais indignada. Apenas triste. E nauseada.
Não há como ter esperança de momento.
Horrorizada com tudo.
Executivo, Legislativo e Judiciário, em todas as instâncias, são o reflexo e o retrato da sociedade.
Não me identifico com essa sociedade, nem com essa nação. Atraso total. Retrocesso geral.


E, vendo o espetáculo dantesco da mistura repugnante de política e religião (ambas do mais baixo nível), ficou claro por que considero a ideia monoteísta uma das mais nefastas criações da mente humana. Cheguei a lamentar que o deus citado pelos deputados não exista. Com tanta blasfêmia, teria aparecido e manifestado sua ira. E essa gente toda arderia no fogo do inferno.
Isso é o que restou de ironia e cinismo pra esse dia tão triste e vergonhoso. A inexistência de deus já está comprovada em milhares de anos de civilização. Pelo menos desse deus citado por tantos criminosos.