domingo, 14 de setembro de 2008

De cabeça feita

Acordei às 6h30 espontaneamente. Se estivesse cansada, não iria correr. Mas percebi que estava desperta e disposta. Cobri a cabeça e fui. Afinal, tudo que fiz nas últimas três semanas é exatamente para isso: para me agilizar e me soltar. Para me governar.
Fiz a coisa certa. E corri bem num lindo dia de sol.
Minha filha foi comigo, e isso só aumentou a sensação de plenitude.