quarta-feira, 4 de maio de 2011

Esse é bom

Finalmente me acertei com um gel. Esse aí da foto, o Accel. Gostar eu não gosto, mas o Accel é perfeitamente suportável. Experimentei outras marcas ao longo dos anos e detestei os sabores. Jamais vou entender por que todos os suplementos - a começar pela whey protein, o pior de todos para mim, seguida dos géis, maltodextrina e repositores eletrolíticos - são tão insuportavelmente aromatizados e adoçados. Só o cheiro já me enjoa... Os géis me causavam repulsa também pela consistência, que me dava a nítida sensação de estar comendo graxa. Sem falar que alguns me causaram diarreia. E o principal é que nunca senti um ganho de energia comendo aquelas coisas medonhas.
Resolvi experimentar o Accel por indicação do Serginho da Max Muscle. Deu certo. O gosto é menos acentuado, dá pra aguentar. E a consistência é ótima, ele desce na boa, sem colar na boca. E também não é líquido a ponto de escorrer quando se abre o saquinho.
O melhor de tudo é que notei uma melhora no rendimento com o Accel. Especialmente no último sábado, quando fiz os 32km. Comi um aos 10km e outro aos 20km. E funcionou mesmo. Depois que comi o primeiro, notei que o corpo ficou mais esperto e mais leve. E terminei a corrida inteiraça, sobrando, como já disse. Claro que estou condicionada, mas acredito que o gel realmente foi importante dessa vez. Porque em outros treinos menores, sem gel, eu termino mais acabada.
Vou usar o Accel na maratona. Já vi que esse eu posso comer sem medo de nausear ou de ter um piriri intestinal.