sábado, 11 de maio de 2013

30km




2:22:28. Média de 4:45.
Sozinha. Sem água. Sem gel (até levei, mas não tive vontade de comer).
Eu gosto assim. Adoro.
Hoje foi excepcionalmente bom. Dia lindo, temperatura boa.
Estreei meus novos acessórios: os manguitos e a meia de compressão chique (e cara pacas, afff). Os manguitos foram sugestão do treinador, ele acha melhor que camiseta manga longa. Aprovei. É ótimo poder tirar as mangas caso esquente. A meia é maravilhosa. Zero desconforto nas panturrilhas.
Eu estava num dia iluminado. Incrível, porque saí de casa bem nervosa. 30km é bastante, e ontem à noite jantei um peixe com molho de nata e camarão e tomei 600ml de chopp de trigo. Foi um lapso, hehe. Quando pedi o primeiro, lembrei que teria o treino, mas estava uma noite perfeita. E estava tudo tão bom que pedi o segundo sem pensar. Quando o garçom trouxe é que eu lembrei dos 30km. Mas aí o chopp já estava ali...
Voltei pra casa cedo, meio bêbada. O primeiro chopp já pegou. Enfim, dormi maravilhosamente. Acordei às 7h, tomei café sem pressa e saí às 9h. O treino correu solto. Depois de engrenar, fiquei radiante. Firme, focada. Só senti o tranco nos últimos 2km, mas aí era chegar. Cheguei inteira. Faceira. Acabei na Vasco com Goethe, fui caminhando pro Parcão, rindo sozinha pela rua.
Lá encontrei os amigos da R.A. Runners, água, isotônico e uma mariola que a Rita Abero me obrigou a comer. Missão cumprida.