quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Música, música, música

Ouvindo os quatro concertos para piano de Rachmaninoff por Vladimir Ashkenazy com a Concertgebouw Orchestra, regência de Bernard Haitink.
E baixei os quatro também por Ashkenazy numa gravação considerada superior, com André Previn e a Sinfônica de Londres.
Mas a preciosidade mesmo é Rachmaninoff tocando seus quatro concertos. Ouvi o Concerto nº 3 hoje. Quanto mais ouço essa obra, mais gosto. Mais me emociono. Vai em crescendo, como o amor: amo mais hoje do que amava ontem e menos do que amarei amanhã.
Neste momento, ouvindo o Concerto nº 2, que também é lindo.

E a triste notícia da música hoje foi a morte de pandit Ravi Shankar.