segunda-feira, 8 de maio de 2017

Brindex

Quem me falou "brindex" certa vez foi Pedro Mello. No tempo do Água na Boca. Lembrei dele nesse final de semana, correndo. Pedro corria.
Registros de um domingo de sol, curtindo uma bock e a rede. E Lelonid Gatiliev.
O desejo dominical foi bem específico: cerveja preta. Nenhuma outra brilhou. Dessa vez a cerveja não me fez mal. :)
Bem mesmo me fez o reencontro com Libra, a troca de energia na mó brisa.
Kindred soul.
Amizade que purifica, pacifica, estabiliza e harmoniza.