segunda-feira, 1 de maio de 2017

Linha branca


Festa de Ogum. Umbanda.
Tradição espiritual ligada à natureza e à caridade.
Fazer o bem. Espalhar o bem. Atrair o bem. Única e exclusivamente.
A fusão com o cristianismo me perturba. Mas abstraio.
Olho as imagens de santos e vejo os orixás. Os orixás, caboclos, índios e pretos-velhos eu vejo como elementos da natureza e qualidades simbolizadas por entidades "sobrenaturais" (na falta de palavra melhor).
Umbanda me agrada mais que o espiritismo porque não se prende à bíblia e à doutrina cristã. Gosto de ir em centro espírita, vinha frequentando o que tem ao lado de casa. Mas as palestras pesadamente calcadas na bíblia me afastam. Gosto do ambiente, da energia sutil, dos passes. Mas não me adapto à apresentação do conteúdo, à embalagem.
E o budismo? O budismo convive perfeitamente com tudo. Não sectário. Todo-abrangente.