quinta-feira, 16 de março de 2017

84

Número lindo.
Meus dois números favoritos juntos.
84 anos da Teresinha, uma das pessoas mais doces, delicadas, bondosas e humildes que conheço. Teresinha foi babá da Lízia. Quase quatro décadas antes disso, começou a trabalhar com a mãe do Eduardo quando ele tinha uns 12 anos. Trabalhou na casa, nas lojas. Cuidou de Beatriz até o fim. Cuidou também da irmã que viveu mais de 100 anos.
Já faz um tempo Teresinha tem uma cuidadora. Mas ainda cuida da Mel, sua cachorrinha.
Fui tomar um chá e festejar o aniversário dessa bodhisattva legítima. Compartilhar de sua doçura. Impregnar-me de simplicidade, gentileza.
Irei lá mais seguido tomar um chazinho à tarde. E me deleitar na presença beatífica de Teresinha. Santa mulher.