sábado, 25 de março de 2017

Declaração à flor da pele

Ontem fez um ano que comecei o ciclo de tatuagens que prossegue rumo ao fechamento da manga esquerda. Fui lembrada pelos registros virtuais. De manhã, Facebook me mostrou que hoje fez um ano que decidi que transformaria o OM da lombar em Love.
Depois, traduzindo um livro budista e ouvindo meus mantras do Ho'oponopono, fui olhar aqui no blog. E vi que o Ho'oponopono foi tatuado em 24 de março de 2016. Foi tudo praticamente junto, mas não sabia as datas exatas.
Ho'oponopono é prática para a vida. Pro cotidiano.
Curto muito ouvir as seis versões que baixei do YouTube. 5h38min do mantra em inglês. Com binaural beats e isochronic beats. Funciona lindamente como trilha sonora pra tradução.