domingo, 12 de março de 2017

A arte e a ciência da beleza


 Minha filha deu a dica sobre Lisa Eldridge. Fui olhar a massagem facial dela e me embasbaquei com o primeiro dos tutoriais de maquiagem que resolvi assistir. Este: https://www.youtube.com/watch?v=RAneUTr8mog. Não é aquelas coisinhas "faça sua maquiagem de Marilyn Monroe"; é uma aula de história. História da arte. História da ciência da beleza. História do build-up de uma estrela e de sua make-up.
Marilyn Monroe não acordava Marilyn Monroe.
Marilyn Monroe não nasceu pronta, não surgiu do nada, nem materializou-se de uma hora pra outra. Foi um processo, um aprimoramento, um trabalho cuidadoso que produziu a estrela de cinema e o ícone absoluto de beleza e sensualidade.
Marilyn era linda - e tinha uma inteligência ainda maior do que a beleza. Lamentavelmente, maiores ainda que a inteligência eram as feridas emocionais.


Em sua meteórica trajetória para o estrelato, MM contou com o talento de outro artista para criar a imagem imortal de deusa: Allan "Whitey" Snyder, seu maquiador. Foi ele que desenvolveu o look de Marilyn ao longo dos anos, estudando meticulosamente cada milímetro daquele rosto naturalmente belo e elaborando a maquiagem que realçava os traços físicos para com isso fazer resplandecer a aura do mito - a beleza ofuscante. Foi Whitey que fez também a derradeira maquiagem de Marilyn.