sexta-feira, 23 de junho de 2017

Capitanias, coronelismo, atraso



De todos os assuntos que as aulas de história do Brasil na escola transformavam no mais insuportável porre, as capitanias hereditárias figuram em destaque. E que história do caralho.
Presente grego do rei português. Que o mesmo rei pegou de volta 16 anos depois.
Embrião do coronelismo que persiste no país há 500 anos.