sábado, 5 de novembro de 2016

Tchau, urucubaca!

Cabeça fria e focada. Tudo entrando nos eixos de novo.
Pela manhã fiquei em casa resolvendo o perrengue da banda larga da Vivo. Sem reclamar e sem me atucanar.
Na tarde maravilhosa, eu poderia ter ido treinar, beber, tomar banho de sol, sabe-se lá.
Até tentei fazer um SUP. Não rolou. Aí agilizei o trabalho. Concluí dois textos muito importantes que estavam pendentes há dias. Um estava quase pronto, em questão de minutos ficou perfeito, redondinho. O outro saiu do zero. E tomou forma rapidamente. A forma final.
Enquanto trabalhava, a área técnica da Vivo ligou. E a instalação da banda larga (e do telefone inútil, mas com número lindo) foi feita no final da tarde, em vez de na segunda-feira.
Ainda deu tempo de ver o pôr do sol.
E jantar uma pizza maravilhosa.