segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Feliz Ano Novo!

Losar Tashi Delek!
Começo o dia lindo com minha tutora Regina Dressler desejando feliz Ano Novo com esse texto de Dzongsar Khyentse Rinpoche:
 
No dia 27 de fevereiro comemoraremos o Losar, o Ano Novo tibetano.
Momentos de renovação como este são muito importantes no nosso treinamento, pois se apresentam como ótimas oportunidades para refletirmos sobre o que fizemos no ciclo que se encerra, quais eram os objetivos, como utilizamos nossa energia no sentido de realizá-los e o que pretendemos para o período que está começando.
Como praticantes do Dharma devemos fortalecer nossos corações, colocando em prática no nosso dia a dia qualidades como amor, alegria, compaixão, generosidade e paciência, não esquecendo da disciplina e vigilância necessárias para não cairmos nas armadilhas dos venenos mentais que perpetuam as causas do sofrimento para nós mesmos e para os outros.
O destino é algo condicionado. Nosso próprio “eu” determina tais causas e condições. Você pode criar seu destino, suas escolhas são o seu destino. Aquilo que somos e como somos nesse momento depende daquilo que fizemos no passado. E o que seremos no futuro depende do que somos e como somos agora.
 
E eu e minha irmã de alma Flavia Vidor seguimos em nossa jornada sincronizada. Ontem à noite, enquanto eu escrevia aqui sobre nós, recordando o meu processo evolutivo nos últimos 2 anos, ela refletia sobre o momento dela. Ambas pensando onde estamos, para onde queremos ir e como seguir.
Antes de sair da cama cedo, meditei e repassei minhas metas. Ela fez a mesma coisa enquanto dava a geral na casa.
Na energia do Losar.
No Dharma.