sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Jardim genealógico - 2

Ficou pronto! Meu jardim genealógico.
Amores-perfeitos.
Homenagem.
Lembrança.
Eu, mãe, irmã, filha. Família. As mulheres mais próximas. Sangue.
Meu corpo contando minha história em símbolos.
Não há como descrever (ainda) o que estou sentindo por causa dessa tattoo. A importância dela está ficando mais nítida aos poucos. Essas flores acionaram emoções muito mais intensas e profundas do que eu havia percebido mentalmente até chegar em casa e fazer as fotos. E me ver nas fotos. E voltar o olhar para dentro.
Desde que a ideia desse trabalho se cristalizou, havia a urgência de fazê-lo o mais rápido possível. Mas sempre quero fazer minhas tattoos o mais rápido possível. Só que essa teve algo diferente. Algo que me deixou mais excitada do que o habitual.
E agora a satisfação.
Completude.