quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Atendimentos

Tem que se posicionar como consumidora e tem que exigir um serviço decente.
Pra comprar essa colônia que adoro, precisei de um bocado de tempo e paciência. Ontem pela manhã, na expedição das miudezas, fui na Panvel do Parcão comprar um remédio e perguntei se tinha Tuberosa do Egito. A funcionária disse que não. Como eu tinha que dar mais umas voltinhas na região, passei na Panvel da Padre Chagas. Também não tinha. MAS a funcionária foi pesquisar no sistema onde haveria. E tinha na Panvel do Parcão. Não um, mais dois frascos. Isso a atendente descobriu de esperar mais de 10 minutos pendurada no telefone. E eu ali, plantada. Os resultados disso foram quatro:
1 - Tive que voltar na Panvel da Padre Chagas à tardinha pra pegar os dois frascos; ou seja, a compra da colônia foi uma lenda.
2 - Antes de dormir ontem, resolvi mandar uma reclamação pelo site da Panvel, contando essa novela de perda de tempo por má vontade da primeira atendente e elogiando a atitude da segunda, que foi à luta pra me atender bem.
3 - Hoje às 9h da manhã meu email foi respondido, informando que já estavam tomando providências.
4 - À tarde, a funcionária que me atendeu de forma displicente ontem me telefonou para pedir desculpas e dizer que havia sido erro dela não consultar o estoque.
Campanha pela melhoria do atendimento, da eficiência, da educação. de tudo.