sábado, 28 de janeiro de 2017

Coisas boas

A alegria e satisfação de concluir um trabalho com muita qualidade.
Receber um telefonema da Négina's avisando que as saias-shorts que encomendei haviam chegado. Ir lá e ser superbem atendida. Cliente conhecida já sou.
Caminhar à tardinha, curtindo o clima ameno. O pé melhorando, mas de chinelo e meia.
Dar uma chegada no mar, quente e límpido. Fazer fotinhos.
Olhar o céu rosado de verão. Nuvens belíssimas.
Jantar uma lasanha maravilhosa, preparada com todo o esmero.
Transbordar de paz, contentamento, alegria e felicidade.
Simplicidade. Singeleza.
Libra disse que sou pura poesia e que a deixei nua de palavras. "Podem nos dar DELÍRIOS... nós merecemos", disse ela. Quantas possibilidades nessa frase. Brincando com as palavras. De-lírio. Eu deliro.
Ser de Capricórnio anda muito pensante e falante. Há quem me considere tagarela demais e não se interesse pelas minhas ideias e palavras. Tranquilo. Faz parte aprender a trocar essas palavras com quem quer e gosta. Reciprocidade. Sincronicidade.
Todavia não me considero poética. Ser de Capricórnio está mais para a prosa e a crônica. Mas vejo tanta, tanta beleza em tantas coisas boas. Olho pra isso. E fecho os olhos e a mente-coração para o que não me faz bem. Cuidando de mim. Me tratando bem.