quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

E lacra a porta


Basicamente, a ideia é essa.
Eu, na minha vida, faço isso. Tranco esse pessoal no meu armário da indiferença, jogo a chave fora e lacro. Faço porque posso. Tenho a boa fortuna de poder fazer.
O lamentável é o quanto sou minoria.
Mais lamentável ainda a vulnerabilidade social de milhões. E a violência que vitima milhares.
Na real, tem muitos homofóbicos que não deveriam ser trancados no armário. Tinha mesmo era que trancar na cadeia.