terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Daqui não passa

Dificuldade de estabelecer limites. De neutralizar comportamento invasivo.
Pra evitar atitudes que considero cruéis (e ridículas entre adultos), eu vinha recuando.
Mas, assim como a minha liberdade termina onde começa a dos outros e respeito isso (baita chavão, aliás), espero ser respeitada na minha liberdade e privacidade.
Ontem cheguei ao cúmulo do recuo. E aí deu.
Vou andar escondida na praia? Não. Não vou.
Vou deixar de me expressar aqui? Não. Não vou.
Apenas não quero mais a invasão dos meus espaços. Físicos e virtuais.